CIESP Sorocaba participa da 6ª edição do Empreende Sorocaba e da Semana Global do Empreendedorismo

Com o objetivo de promover e fortalecer o empreendedorismo em Sorocaba e região, entidade promoveu a palestra “Transformação Digital nos Negócios”

Na última quinta-feira (28), a Regional Sorocaba do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP), em parceria com a Associação Comercial de Sorocaba (ACSO) e a Verbo Comunicação, promoveu a palestra “Transformação Digital nos Negócios”, ministrada pelo publicitário Rodrigo Figueiredo. O evento reuniu cerca de 50 pessoas e fez parte da 6ª edição do Empreende Sorocaba e da Semana Global do Empreendedorismo, promovida pela Rede Global do Empreendedorismo (RGE).

De acordo com o diretor  titular do CIESP Sorocaba, Erly Domingues de Syllos, a diversidade de ações e eventos na cidade é muito importante para nortear as novas tendências da era digital. “Antigamente tínhamos alguns poucos eventos e eram presenciais. Com o avanço da tecnologia, que resultou não somente na indústria 4.0, mas também em uma sociedade 4.0, está havendo uma mudança radical na forma de se fazer negócios. Por isso, temos que acompanhar essas mudanças e buscar atrair novas empresas do segmento tecnológico. Recentemente, a prefeitura de Sorocaba aprovou uma nova lei de incentivo de atração de investimentos e de revitalização do centro da cidade, visando levar empresas de tecnologia também para essa região”, ponderou Syllos.

Já o 1º vice-diretor do CIESP Sorocaba, Mario Tanigawa, observou que o País está iniciando uma nova fase e destacou o lançamento do programa Verde Amarelo, lançado na semana passada pelo governo federal, que tem o objetivo de estimular a criação de 4 milhões de vagas de emprego entre 2020 e 2022. “Estiveram presentes no lançamento, em Brasília, aproximadamente 150 empresários da área industrial do estado de São Paulo. É um programa que visa dar oportunidade de emprego para que os jovens possam ingressar no mercado de trabalho, com a desoneração da carga tributária”, explicou Tanigawa.

Segundo o presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), Roberto Freitas, o Empreende Sorocaba contabilizou mais de 27 eventos para a Semana Global de Empreendedorismo. “Gostaria de agradecer ao CIESP e a todos os parceiros por apoiaram o Empreende Sorocaba e a Semana Global do Empreendedorismo. No dia 29, teremos no Parque Tecnológico de Sorocaba o encerramento do Empreende e a final do ‘Be The Boss’, que é uma competição entre 23 universidades para descobrir quem tem a ideia mais inovadora”, destacou Freitas.

Em sua apresentação, Rodrigo Figueiredo afirmou que a transformação digital não é apenas uma questão de novas tecnologias, é uma transformação de ideias, processos e modos de operação. “A transformação digital é uma grande onda e a gente pode decidir como vamos nos comportar em relação a ela, podemos deixar ela nos engolir ou aprender a surfar nessa onda”, enfatizou.

O publicitário observou também que este movimento está diretamente ligado à quarta revolução industrial. “Há três pontos de convergência entre essas duas correntes: tecnologias disruptivas cada vez mais baratas e de fácil acesso, o surgimento de novos modelos de negócios e consumidores empoderados cada vez mais exigentes.”

Geração Microondas

Segundo Rodrigo, a nossa geração está sendo chamada de “Geração Microondas”, devido ao imediatismo. “A gente quer tudo quente e quer agora. Se formos chamar um serviço de motorista por aplicativo e for demorar mais que dez minutos, com certeza iremos cancelar. Dados do Facebook indicam que 89% dos consumidores esperam resposta das empresas em até 24 horas. Essa experiência é crucial para determinar o grau de satisfação com a marca”, ressaltou.

Mundo VUCA

O palestrante comentou que existem quatro características que descrevem o momento que estamos vivendo:  Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade, que formam a sigla VUCA. “Vivemos em um mundo sempre ligado onde o celular é o controle remoto das pessoas. Os consumidores estão se tornando cada vez mais digitais e as tecnologias se tornando cada vez mais humanas. É um mundo bastante ambíguo onde temos três gerações convivendo no mercado de trabalho”, disse.

Para Rodrigo, os negócios não acabam, o que muda é a maneira de resolver os problemas que já existem. “A tecnologia vem facilitar a forma como os consumidores podem ter acesso aos produtos, além de permitir uma gama infinitamente maior de escolha. Por exemplo, hoje podemos assistir uma série ou filme a qualquer momento. O entretenimento não mudou, o que mudou foi a forma de consumir. O Brasil é o segundo país do mundo em minutos gastos na internet. Pesquisas indicam que a maioria dos compradores corporativos prefere buscar parceiros de negócio pelo Google e 66% dos profissionais apontam o Linkedin como a melhor ferramenta de negócios. Os tomadores de decisão das empresas gastam 74% mais tempo no Facebook do que o consumidor comum. São dados que demonstram que a transformação digital também está ocorrendo nas organizações”, analisou.

Jornada do Cliente

O palestrante lembrou ainda que neste novo contexto é importante conhecer e mapear a jornada do cliente. “Quem é o seu cliente? Como ele se comporta? Quais os pontos de contato que ele tem com a sua marca até o momento que ele decide pela compra? O que ele valoriza e considera como um diferencial? Mapeie a jornada do seu cliente e entregue experiência, este é o mandamento para a nova realidade do mercado”, observou.

Além de mapear, é importante analisar os dados e ouvir as sugestões, insatisfações e expectativas dos clientes. “Assuma os seus problemas e estude-os com profundidade, olhando exatamente onde você tem que mudar o seu negócio. De acordo com uma pesquisa feita pelo site Reclame Aqui, se você resolver a reclamação de um cliente, você terá 80% de chances de ele voltar a fazer negócios com você”, explicou Figueiredo.

Por fim, o publicitário recomendou que os empresários comuniquem-se de maneira autêntica. “A comunicação real e orgânica é melhor que a perfeita e embalada. Como diz a expressão americana: ‘coma a comida do seu cachorro’, ou seja, experimente aquilo que você faz e fale com seus consumidores de forma simples e clara”, concluiu.

Sobre Rodrigo Figueiredo

Rodrigo Figueiredo é formado em Publicidade pela PUC Campinas, possui diversos cursos pela ESPM e Fundação Dom Cabral. Aos 41 anos, é sócio-diretor da Verbo Comunicação, agência da qual também foi fundador aos 22 anos de idade. Hoje, sua empresa possui mais de 50 colaboradores e é uma das maiores agências de publicidade do interior de São Paulo. Rodrigo também é Conselheiro do CIESP Sorocaba e consultor de marketing na Associação Comercial de Sorocaba (ACSO).

Sobre o Empreende Sorocaba

Em sua 6ª edição, o Empreende Sorocaba tem como objetivo principal promover e fortalecer o ecossistema de empreendedorismo da cidade de Sorocaba e região, por meio da realização de diversas ações, tais como: palestras, competições, workshops e discussões, com diferentes públicos e temáticas. O programa está ligado à Rede Global do Empreendedorismo (RGE),  o maior movimento de empreendedorismo do mundo, que surgiu a partir das comunidades criadas na Semana Global do Empreendedorismo. Outras informações no site www.empreendesorocaba.com.br.

O CIESP Sorocaba fica na Avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 3260 – Alto da Boa Vista. Outras informações pelo telefone (15) 4004-2900 ou pelo site www.ciespsorocaba.com.br.

Comente