EAD cresce e traz novas oportunidades no mercado de trabalho

O crescimento vertiginoso no ensino à distância (EAD) no país traz constantes discussões sobre a qualificação profissional no mercado de trabalho frente as inúmeras ofertas de cursos. Levantamento do último Censo da Educação Superior, realizado em 2017 e divulgado pelo INEP/MEC apontam que mais de 1,7 milhão de brasileiros optaram pela modalidade no ensino superior, dado que representa mais de 20% das matrículas de graduação no país.

ead Modalidade já representa mais de 20% das matrículas de graduação no país
Modalidade já representa mais de 20% das matrículas de graduação no país. Foto: divulgação

Apesar de ainda encontrar resistência em determinadas áreas da educação, a tendência é que esses números sigam em expansão nos próximos anos. De acordo com Daniel Silva, Pró-Reitor de Ensino a Distância do Centro Universitário UniDomBosco, a modalidade é um propulsor da educação no país.

“Apesar da denominação de ensino à distância, a modalidade aproximou as pessoas do conhecimento e tornou-se uma ferramenta de inclusão social. Antes, a educação era concentrada nos grandes centros, agora ela é acessível à população e com amplas opções de especialização”, destaca Silva.

Divulgado em agosto de 2019, o Estudo Todos pela Educação aponta outra tendência no EAD. Segundo a pesquisa, 61% das pessoas que iniciaram cursos de pedagogia e licenciaturas em 2017 estavam no ensino à distância, contra 34% em 2010. A média nas demais graduações, subiu de 13% para 27%, conforme as estatísticas do Censo de Educação Superior.

Seguindo essa tendência, o Centro Universitário UniDomBosco desenvolveu um curso específico de “Segunda Graduação com Licenciatura em Pedagogia”. Neste programa, quem já é formado em alguma licenciatura, independente da primeira graduação, cursa somente 1 ano para se formar em Pedagogia, adquirindo uma segunda graduação.

“É uma licenciatura complementar e que amplia as oportunidades no mercado de trabalho, onde o aluno pode se preparar para atuar como diretor, coordenador e orientador pedagógico”, afirma Daniel.

Avaliado com nota máxima no MEC, a instituição oferece mais de 30 opções de graduação EAD, desde cursos tradicionais como administração, filosofia, geografia até tendências como defesa cibernética, marketing digital e sistema para internet (ênfase em internet das coisas).

Comente