Grande vencedor do Festival MixBrasil 2018 é cidadão itapetiningano

O publicitário Vinícius Yamada viveu parte de sua adolescência em Itapetininga
O publicitário Vinícius Yamada viveu parte de sua adolescência em Itapetininga

Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade encerrou sua 26ª edição no último domingo (25) com disputado Show do Gongo, premiação comandada pela atriz Marisa Orth. Com um total de 12 filmes, a edição 2018 do Show do Gongo foi apresentada por Silvetty Montilla, que está atualmente no streaming da Netflix com a série Super Drags.

O ganhador do troféu, o publicitário Vinícius Yamada, viveu parte de sua adolescência em Itapetininga.

Silvetty Montilla foi convidada para apresentar o Show do Gongo deste ano. Foto: Festival MixBrasil
Silvetty Montilla foi convidada para apresentar o Show do Gongo deste ano. Foto: Festival MixBrasil

O Show do Gongo é uma das premiações mais difíceis do Festival de cinema: os filmes concorrentes são julgados pelo público no auditório em tempo real – com direito à vaias ou não. Apenas os filmes que conseguem ser exibidos até o final vão para a segunda fase, o crivo do juri.

O corpo de juri desta edição foi composto pelo cineasta André Medeiros Martins (vencedor do prêmio Suzy Capó 2018 com o filme “Alfredo não gosta de despedidas”), a drag Thelores (vencedora do MixMusic 2018 em sua categoria) e Amanda Sparks.

Esta foi a primeira vez em 26 anos que três filmes empataram com a nota máxima. O desempate elegeu o publicitário Vinícius Yamada como grande vencedor do prêmio Coelho de Prata Festival Mix Brasil 2018. O vídeo, intitulado “carnavrau.ppt“, satiriza filmes já premiados no Festival, como Call Me By Your Name, e momentos polêmicos de 2018.

“Teve potência, foi o mais engraçado, contagiou o público”, justificaram as juradas Amanda Sparks e Thelores.

Para o premiado, Vinícius Yamada, o troféu foi uma surpresa. “Foi um filme  bem despretensioso, fiz em menos de 24 horas. Quando a exibição terminou sem ter recebido nenhuma vaia do auditório, até ponderei se o público não havia entendido. Só quando ouvi os aplausos percebi que tinha chances de ganhar o prêmio”, conta.

Sobre Redação 353 Artigos
E-MAIL: contato@olaitapetininga.com.br

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta