Startup de Sorocaba lança produtos 100% biodegradáveis para o mercado pet

pet sorocaba

Acompanhando a tendência dos ‘pets amigos da natureza’, a We Step Clean, empresa incubada no Parque Tecnológico de Sorocaba, interior de São Paulo, uniu tecnologia e consciência ambiental para desenvolver seus produtos e lança, neste mês, o primeiro comedouro para cães e gatos 100% biodegradável e atóxico: o BioBowl.

O produto é produzido a partir da resina vegetal e mais resistente que os comedouros comuns, feitos de plástico. Sua composição não possui nenhum componente prejudicial para os animais. Quando descartado, o produto se decompõe entre 40 e 60 dias no meio ambiente, sem resíduos tóxicos.

Queremos sempre dar o melhor para os nossos pets, então por que não pensar em um bowl atóxico e que será favorável para a saúde deles e o meio ambiente? Além disso, caso um cachorro venha a morder o recipiente, o material é digestível e não trará problemas”, destaca a diretora da empresa, Andrea Sant’ Anna.

A We Step Clean está incubada no Parque Tecnológico de Sorocaba desde agosto de 2016. “É uma grande satisfação ver projetos nesta área, uma vez que o mercado pet está crescendo muito e a iniciativa da startup foi pioneira no segmento com este produto. Esta empresa é a prova de que inovação e empreendedorismo podem acontecer em qualquer setor, basta saber identificar as oportunidades”, disse o coordenador da incubadora do PTS, Marcelo De Santis Ferreira.

O BioBowl é comercializado em dois tamanhos – 500 ml e 1.500 ml, e é vendido no site da empresa www.westepclean.com.

Pata Limpa

Outro projeto em desenvolvimento pela empresa é a ‘Pata Limpa’, uma esteira também produzida à base de resina vegetal que permite a eliminação de resíduos e bactérias das patas dos cães.

“Essa ideia surgiu de uma necessidade pessoal. Na época tinha um labrador chamado Muni que não me deixava pegar na pata dele para limpar e então comecei a pesquisar sobre como construir uma esteira higienizadora. Ao passar sobre ela toda a sujeira fica ali e ele não leva para dentro do ambiente possíveis contaminações da rua”, destacou Andrea.

Ainda segundo Andrea, além do uso dentro de casa, este produto também é indicado para grandes centros urbanos como clínicas, edifícios e shoppings.

Este é só o começo. Estamos desenvolvendo também uma casa para cachorros 100% biodegradável que é vendida desmontada e você monta na sua casa. Ela é leve, fácil de montar e oferece ótimo isolamento térmico e acústico”, completou a empresária.

Grandes projetos

Em cinco anos, mais de 100 empresas já passaram pela incubadora do PTS desenvolvendo diversos projetos voltados para a solução de problemas por meio da inovação tecnológica.

Atualmente, a incubadora apoia 14 startups e, em breve, receberá outros 11 projetos selecionados pelo programa Startup-SP que receberão mentoria e auxílio na validação do mesmo, junto a equipe do PTS e do Sebrae, até o mês de julho.

Para incentivar e atrair novos projetos, o PTS abriu um novo processo seletivo da Hubiz (incubadora). As vagas são oferecidas para pessoas físicas ou jurídicas, de preferência em grupo, que apresentem propostas de desenvolvimento ou geração de produtos, processos e serviços inovadores e/ou de base tecnológica. A inscrição deve ser feita pelo site http://sgi.macropus.com.br/hubiz/edital. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail hubiz@inovasorocaba.org.br.

About Redação 303 Articles
E-MAIL: contato@olaitapetininga.com.br

Be the first to comment

Deixe uma resposta