Yoki leva três sortudos à Rússia em 2018

yoki

Há poucos meses do principal campeonato de futebol do mundo, a Yoki realiza no próximo dia 21 de abril o grande sorteio da Promoção Me Leva pra Rússia.

Na compra de snacks Yoki (pipocas, amendoins e Yokitos), os consumidores concorrem a uma viagem para a Rússia, na qual o sorteado e mais dois amigos terão direito de acompanhar seu time favorito durante toda a Competição com tudo pago.

A promoção conta ainda com prêmios instantâneos (vale-compras Netshoes e Pipocas Micro-ondas), prêmios diários (assinaturas do Premiere FC) e sorteios semanais (smart TVs de 60’’). Para participar, é só cadastrar no site www.yoki.com.br/melevaprarussia os cupons fiscais de compra de qualquer snack participante realizada entre 19/02 e 21/04, conferir o regulamento completo e torcer.

 Sobre a General Mills Brasil
Criada em 1866, nos Estados Unidos, a General Mills é uma das maiores empresas de alimentos no mundo presente em mais de 100 países com marcas como Fiber One, Yoplait e Old El Paso. No Brasil desde 1996, a empresa possui portfólio formado por produtos Yoki, Kitano, Häagen-Dazs, Mais Vita e Betty Crocker.

SOBRE A COPA

A Copa do Mundo FIFA de 2018 ou Campeonato Mundial de Futebol FIFA de 2018 será a vigésima primeira edição deste evento esportivo, um torneio internacional de futebol masculino organizado pela Federação Internacional de Futebol (FIFA), que ocorrerá na Rússia, anfitriã da competição pela primeira vez. Com onze cidades-sede, o campeonato será disputado entre 14 de junho e 15 de julho. A edição de 2018 será a primeira realizada no Leste Europeu e a décima primeira realizada na Europa, depois de a Alemanha ter sediado o torneio pela última vez no continente em 2006.

Esta edição da Copa do Mundo, juntamente com a Universíada de Verão de 2013 e os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, que também foram realizados em território russo, são os primeiros eventos esportivos de importância mundial realizados no país desde os Jogos Olímpicos de Verão de 1980.

A FIFA escolheu a Rússia por causa do aumento do interesse da população russa no futebol, graças a investimentos financeiros no esporte, do aumento da importância da Primeira Liga Russa e a migração de jogadores estrangeiros para o país, além da ascensão econômica da Rússia após a dissolução da União Soviética em 1991. Os outros países que se candidataram à sede da competição foram a Inglaterra e as candidaturas conjuntas de Holanda/Bélgica e Portugal/Espanha.

O governo russo pretendia entregar todas as obras para a Copa do Mundo da FIFA 2018 um ano antes do torneio. Joseph Blatter, ex-presidente da FIFA, afirmou que as organizações estão mais avançadas em comparação com as obras do Brasil, que sediou a edição anterior. Em 28 de março de 2017, a seleção brasileira foi a primeira seleção além do país-sede, Rússia, a se classificar para a Copa do Mundo de 2018.

Sobre Redação 348 Artigos
E-MAIL: contato@olaitapetininga.com.br

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta