Início NOTÍCIAS Itapetininga tem redução de denúncias de maus-tratos a animais

Itapetininga tem redução de denúncias de maus-tratos a animais

Foto: Reprodução

Durante este período de quarentena devido ao surto do coronavírus (COVID-19), o número de denúncias contra maus-tratos a animais caiu 80% em Itapetininga.

Em entrevista ao G1, a voluntária da União Internacional Protetora dos Animais (Uipa), Fernanda Nanini, o número continua sendo motivo de preocupação.

“O número de denúncias caiu em torno de 80%, mas isso não nos deixa tranquilos. Na realidade nos preocupa, porque como as pessoas estão em quarentena, os maus-tratos não estão sendo vistos na rua ou na casa do vizinho, por isso essas denúncias não chegam”

Ela também comenta que a ONG não se preocupa apenas com os maus-tratos a animais, mas também com a saúde dos voluntários, suspendendo as adoções temporariamente durante este período de quarentena. Segundo a veterinária Nádia Campanhol, apesar do Covid-19 não ser transmissível aos pets, os cuidados com os animais continuam necessários.

“É necessário evitar sair de casa, mas tem aqueles cães que só conseguem fazer necessidades fora de casa, por exemplo. Nesse caso, a orientação é evitar soltar. Quando chega em casa, antes mesmo de entrar é importante fazer a higienização das patinhas com sabão neutro, antisséptico ou álcool em gel. Mas neste momento evite o contato até que tenhamos mais informações.”

CORONAVÍRUS CONFIRMADO EM ITAPETININGA

Coronavírus é confirmado em Itapetininga. Há mais 66 casos suspeitos (foto: Reprodução)

No último dia 30 de março de 2020 foi confirmado o primeiro caso de coronavírus em Itapetininga. O paciente é um homem de 33 anos que está internado em um hospital particular com estado de saúde estável.

diversas faculdades e escolas de Itapetininga anunciaram a suspensão das aulas para prevenir a disseminação do coronavírus.

  • Rede Municipal: As escolas terão conteúdos e avaliações suspensos a partir do dia 16 e as aulas serão facultativas, não computando falta para aqueles que não forem;
  • Rede Estadual: A suspensão será gradual a partir do dia 16 e total a partir do dia 23;
  • Fatecs: Aulas suspensas a partir de 16 de março. O setor administrativo funcionará;
  • Etecs: Aulas suspensas a partir de 23 de março. O setor administrativo funcionará;
  • Angelo: Presença facultativa entre os dias 16 e 20. Paralisação de todas as atividades a partir do dia 23;
  • Anhanguera: Aulas presenciais suspensas, com previsão de retorno no dia 23 de março. Os conteúdos serão disponibilizados normalmente pela internet;
  • IFSP: Aulas suspensas do dia 16 de março até 29 de março;
  • FKB: Atividades acadêmicas foram suspensas no dia 16 de março para definição de ações a serem adotadas a partir do dia 17.

Vale lembrar que entre as recomendações da Organização Mundial de Saúde para se proteger são: evitar lugares onde se aglomeram pessoas, como igrejas, colégios, eventos sociais etc; evitar contato físico como beijos e abraços; e higienizar bem as mãos, limpando com sabão entre os dedos, na palma da mão, e na parte de cima também. A utilização de álcool em gel para lavar as mãos reforça ainda mais a proteção.

A recomendação de que as pessoas se isolem socialmente até que a situação melhore tem a ver com o fácil contágio, além de ser um problema exponencial.

SEM COMENTÁRIOS

Comente Cancelar resposta

Sair da versão mobile