LGBTQ na política: prefeito de Lins e namorado são convidados para palestrar nos EUA

No último fim de semana, o prefeito de Lins (SP) assumidamente gay, Edgar de Souza (PSDB), esteve nos Estados Unidos junto com o seu parceiro, Max Souza, para palestrar na 35ª Conferência Internacional de Lideranças LGBTQ, evento que começou no dia 13 e foi até o dia 16 de novembro, no JW Marriot, em Washington DC.

Momentos antes do embarque, o casal posou para uma foto com a bandeira arco-íris pelo movimento LGBTQ+ em protesto ao preconceito contra a causa. Ambos foram convidados pelo evento para participar como palestrantes no painel “From frustation to action: taking back Brazil through the 2020 local. “Acredito que nossa participação enriquece as discussões, pensando em pessoas de todos os países participando, e servirá de inspiração para todas as pessoas presentes”, disse Max, ativista e candidato a Mister Brasil 2019.

Durante o fórum, abordaram sobre os números de posições abertamente LGBTQ eleitas em todos os níveis de governo, treinamentos e trabalhos para ajudar eleger candidatos LGBTQ em cargos locais, estaduais e federais nos EUA. O Brasil conquistou pequenos avanços em relação a diversidade em cargos públicos – houve um aumento de quase 386% comparado as últimas eleições estaduais e federais de 2016, como informa a ONG Aliança Nacional LGBTI+.

“Nos unimos para mudar essa realidade no Brasil para fazer com que mais pessoas LGBT alcancem cargos públicos”, falou Edgar. O tema da conferência deste ano é “Make historic firsts’ history!”.

Edgar de Souza, o prefeito linense pelo PSDB, foi alçado ao cargo no pleito de 2012. Na campanha daquele ano, ele foi o único candidato a prefeito eleito, em todo o país, a reconhecer em público a sua sexualidade homoafetiva.

Comente