SESI de SBC celebra a beleza e a singularidade da cultura caipira

O espetáculo foi contemplado no edital de 2019 do SESI-SP e celebra a beleza e a singularidade da cultura caipira. Sessões gratuitas nos dias 2 e 3 de agosto.

Nos dias 2 e 3 de agosto, sexta às 20h30 e sábado às 16h, o SESI São Bernardo do Campo será o picadeiro da estreia do Circo da Cuesta, espetáculo inédito e desenvolvido com apoio e subvenção financeira do SESI-SP.

A atração revela a identidade de uma comunidade interiorana alicerçada no circo, no teatro, na música, na culinária típica e no universo da cultura caipira, simbolizada e materializada no ambiente de uma quermesse.

As apresentações são gratuitas e os ingressos podem ser reservados pelo sistema Meu SESI, em www.sesisp.org.br/meu-sesi. As sessões serão realizadas no Teatro SENAI Mario Amato, na Rua Vitoria Maria Medeci Ramos, 330.

O espetáculo foi contemplado no edital de 2019 do SESI-SP e celebra a beleza e a singularidade da cultura caipira. Sessões gratuitas nos dias 2 e 3 de agosto.
Circo da Cuesta celebra a cultura caipira. Crédito: Otávio Seraphim

A tradicional quermesse do vilarejo de Nossa Senhora das Dores de Cima da Serra vai receber um grande circo. Quando a festa começa e os artistas não chegam, os trabalhadores e organizadores do evento se desdobram com malabarismos, ilusionismo e acrobacias para entreter o público, que está ansioso para a chegada do grande circo. Entre números circenses e canções autorais temáticas, o espetáculo celebra com afeto as raízes da cultura caipira, do circo, do teatro, da música e da culinária típica de quermesse, através da poética da Cia Beira Serra.

Além do SESI São Bernardo do Campo, que recebe a estreia, o espetáculo vai percorrer as unidades de São José dos Campos, onde integrará a programação do Festvale, Botucatu, Itapetininga, Franca e Araraquara. Ao todo serão 12 apresentações gratuitas com estimativa de público de 2.400 pessoas. Há mais de uma década a instituição seleciona projetos de montagens inéditas de todo o território nacional. A partir de 2017, em um processo de valorização e fomento de grupos fora dos grandes centros de produção cultural, o SESI propôs abrir um edital específico para as companhias do interior do Estado (todas as cidades fora da capital). Foi justamente desta forma transparente e democrática que o projeto de Circo da Cuesta foi aprovado para montagem e circulação nos teatros da entidade. Todos os custos de produção e desenvolvimento do espetáculo foram financiados pelo SESI-SP, conforme regras do Edital do Viagem Teatral – Produções Inéditas.

Uma viagem ao lúdico, às raízes da cultura caipira e ao universo de um povo simples, criativo e lutador foi o enredo que a Companhia Beira Serra encaminhou como projeto no edital aberto no ano passado pelo SESI-SP. Enquanto a instituição captava ideias de montagens que iriam compor a programação cultural de suas unidades no Estado de São Paulo, a companhia voltava a atenção às suas origens, a cidade de Botucatu, como fonte de inspiração. É da geografia da própria região que vem o nome do espetáculo. Cuestas, do espanhol, são as encostas das colinas e paisagem obrigatória para quem visita a cidade.

“Neste momento em que a produção cultural resiste para continuar cumprindo com a sua função na sociedade, levando ao público o pensamento crítico e a apreciação artística. Ter uma fonte segura de fomento a esses grupos e seus espetáculos é como visualizar um oásis em meio ao deserto. Em 2019, o SESI-SP tem orgulho de ter apoiado o desenvolvimento de duas montagens inéditas de companhias de origem do interior. No caso de Circo da Cuesta, o enredo não poderia ser mais apropriado para o cenário atual. Isso porque uma quermesse, a festa onde a peça é ambientada, só acontece por esforço popular, união comunitária, um que traz o bolo e o outro que ajuda na arrumação. E a produção teatral brasileira tem muito desse espírito de equipe, de auxílio e de colaboração mútua que nós da área de Artes Cênicas do SESI fazemos questão de participar”, declara Anna Polistchuk, analista de atividades culturais do SESI-SP.

caipira
Foto de ensaio. Grupo celebra a cultura caipira Crédito: Baga Defente

Oficina gratuita

A companhia também pretende levar conhecimento para artistas e estudantes de teatro da região, oferecendo uma residência artística gratuita nos dias 5, 6 e 7 de agosto, das 19h às 22h. A oficina vai abordar questões sobre o processo de montagem de um espetáculo teatral. Oportunidade rara de dialogar, compartilhar experiências e entender mais sobre o fazer teatral.

Ficha Técnica

Direção: Ronaldo Aguiar | Dramaturgia: Fernando Vasques e MiMi Tortorella | Elenco: Dael Vasques, Fernando Augusto, Fernando Vasques, Guilherme Gasperine, Marina Lino, MiMi Tortorella e Willian Novak | Direção Musical: Dael Vasques e Fernando Augusto | Culinarista: Tereza Telles | Iluminador: Osvaldo Gazotti | Cenografia e figurino: Laura Françozo | Cenotécnico: Gabriel Lino | Designer Gráfico: Otávio Henrique | Fotógrafo e Vídeo Maker: Baga Defente | Assessoria de Comunicação e Imprensa: Sérgio Viana | Produção Técnica de Circo: Celso Reeks | Produção Executiva: Cristiani Zonzini (La Stupenda Produções)

SESI Viagem Teatral

O programa realizado pelo setor de Artes Cênicas do SESI-SP apresenta um panorama da produção cênica brasileira contemporânea, proporcionando variadas experiências estéticas, para o fomento da diversidade cultural e o estímulo à formação de novas plateias. A cada ano cerca de 35 espetáculos são selecionados via edital para compor o projeto. As peças circulam por 15 teatros em todo o Estado de São Paulo. O Viagem Teatral movimenta mais de 460 artistas, técnicos, produtores e profissionais que vivem em função da arte no País. Em 2018, por exemplo, mais de 62 mil pessoas tiveram a oportunidade, gratuitamente, de assistirem os espetáculos apresentados.

Sobre a companhia

Além do espetáculo inédito Circo da Cuesta, a Companhia Beira Serra traz na bagagem espetáculos consagrados como Acorda Januário! e GRÃO: Circo da Terra, pelo qual foi premiada pelo PROAC de produção de número circense em 2017.

SERVIÇO

Local: Teatro SENAI Mario Amato – Rua Vitoria Maria Medeci Ramos, 330

Datas e horários: 2 e 3 de agosto, sexta às 20h30 e sábado, 16h
Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: Livre
Modalidade: livre
Gênero: Circo
Entrada gratuita – Reservas antecipadas pelo Meu SESI (www.sesisp.org.br/meu-sesi). Apresentar o protocolo de reserva impresso ou no celular. Os ingressos remanescentes serão distribuídos 15 minutos antes do início do espetáculo.

Comente