Tempo seco realmente aumenta os casos de gripe?

Cientistas se apoiam em duas teorias para explicar o fenômeno

Comumente escutamos que os casos de gripe aumentam no frio e ainda podem piorar com a combinação de temperaturas baixas e clima seco. Na realidade, o que acontece nestas condições é o aumento da transmissão do vírus, favorecido pela combinação do ar frio e baixa umidade 1,2. Entretanto, nem mesmo os cientistas têm bem esclarecido a razão para isso e apoiam-se em duas principais teorias, relacionadas ao ressecamento das vias respiratórias e a tendência de aglomeração da época 1,2.

“No clima seco e frio, nariz, garganta, laringe e traqueia ficam com pouca umidade, o que diminui nossas defesas naturais e favorece a invasão dos vírus causadores de doenças respiratórias, como a gripe, por exemplo”, explica Kelem Chagas, Gerente Médica da Sanofi Pasteur. Um estudo publicado na revista PLOS Pathogens revelou que, com a umidade relativa do ar entre 20% e 35%, a transmissão da gripe triplicou ou quadriplicou na amostra analisada2. Observou-se também maior transmissão em temperaturas mais baixas2.

A segunda teoria apresentada por médicos está ligada ao comportamento durante a temporada fria do ano. “Com as baixas temperaturas, há uma tendência de aglomeração em ambientes com janelas fechadas, o que também favorece a difusão do vírus influenza”, esclarece Kelem.

Ainda segundo a Gerente Médica, para evitar as doenças respiratórias em geral, incluindo a gripe, é importante apostar em prevenção. Para o vírus influenza, há a vacinação pública e privada. Adicionalmente, para deixar o ambiente menos seco, o uso de umidificadores de ar e, até, colocar uma toalha úmida nos espaços pode ajudar bastante. Manter-se hidratado também é fundamental.

No Brasil, para o mercado privado, há duas vacinas contra influenza3,4. A vacina trivalente, que oferece proteção contra três cepas do vírus influenza, sendo duas cepas do tipo A e uma cepa do tipo B e pode ser aplicada a partir dos seis meses de idade3. Já a vacina quadrivalente proporciona proteção mais ampla contra influenza e suas complicações, pois contêm uma cepa B adicional (duas A e duas B). Ambas as vacinas, trivalente e quadrivalente, são recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS)5.

gripe
Saúde é Vital – Foto: reprodução/Abril.com

Referências:

  1. Mäkinen TM, et al.Cold temperature and low humidity are associated with increased occurrence of respiratory tract infections. Respir Med. 2009 Mar;103(3):456-62.
  2. Lowen AC, et al. Influenza virus transmission is dependent on relative humidity and temperature. PLoS Pathog. 2007 Oct 19;3(10):1470-6.
  3. Bula Vaxigrip [Internet] Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=13728952016&pIdAnexo=3161672. Acesso em: 2017 Sep 11.,
  4. Bula Fluquadri [Internet] Disponível em:http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=14104032016&pIdAnexo=3190042. Acesso em: 2017 Sep 11.
  5. Pan American Health Organization (PAHO). Questions and answers on seasonal influenza.[Internet] Disponível em:http://www.paho.org/hq/index.php?option=com_content&view=article&id=10378:2015-questions-and-answers-on-seasonal-influenza&catid=1443:web-bulletins&Itemid=135&lang=en. Acesso em: 2017 Aug 31.

Comente