Tireoidite de Hashimoto aumenta a frequência de urticária crônica

Há uma maior frequência de urticária crônica espontânea (UCE) em pacientes com doença autoimune da tireoide, também chamada de Tireoidite de Hashimoto. Mas por que isso acontece? Qual a relação da glândula tireoide com a urticária?

O Dr. Luís Felipe Ensina, diretor da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), explica que a Tireoidite de Hashimoto é uma doença em que ocorre a produção de anticorpos contra proteínas da tireoide (tireoglobulina e tireoperoxidase), e infiltração de células imunológicas, levando à destruição da glândula.  Consequentemente, ocorre uma diminuição na produção dos hormônios da tireoide, resultando no hipotireoidismo.

“Na UCE ocorre a ativação de células que estão na pele chamadas mastócitos, que, por sua vez, liberam mediadores inflamatórios, entre eles a histamina. A histamina é a principal substância que leva aos sintomas da urticária”, conta Dr. Luís.

Esta ativação dos mastócitos pode ocorrer de diversas formas, sendo uma delas a ligação de anticorpos do tipo IgE à sua superfície, juntamente com uma proteína específica.

Entre os diversos anticorpos produzidos contra a tireoide, parte deles pode ser do tipo IgE. Assim, ao ocorrer o encontro da IgE com as proteínas da tireoide na superfície do mastócito na pele, este será ativado e irá liberar histamina. O resultado é a urticária. “Com isso, podemos concluir que existe uma associação (ambas aparecem juntas), e não uma relação (uma causando a outra) entre urticária e tireoidite autoimune”, explica o especialista.

Tratar a doença de tireoide (reposição hormonal) de forma alguma irá ajudar no tratamento da urticária, mas ambas devem ser tratadas corretamente pelos profissionais especialistas em cada uma das áreas.

Sobre a ASBAI

A Associação Brasileira de Alergia e Imunologia existe desde 1972. É uma associação sem finalidade lucrativa, de caráter científico, cuja missão é promover a educação médica continuada e a difusão de conhecimentos na área de Alergia e Imunologia, fortalecer o exercício profissional com excelência da especialidade de Alergia e Imunologia nas esferas pública e privada e divulgar para a sociedade a importância da prevenção e tratamento de doenças alérgicas e imunodeficiências. Atualmente, a ASBAI tem representações regionais em 21 estados brasileiros.

1 COMENTÁRIO

  1. […] O curso pretende abordar os desafios da análise de grande quantidade de dados quer sejam clínicos ou de pesquisa (Big Data), a evolução e estratégias de sequenciamento de próxima geração e metabolômica e o uso dessas diversas ferramentas para entender os mecanismos de doenças, com ênfase, é claro, na aplicabilidade em tireoide. […]

Comente